VACINA NA INFÂNCIA CONTRA O HPV

Com argumentos “religiosos” não se deve combater a campanha de vacinação, se somos contrários devemos ter argumentos científicos!

Existe prova que esta vacina é danosa à saúde da vacinada? em que porcentagem de vacinadas a vacina foi causa de algum dano? – Baseados nestes argumentos e, diga-se de passagem, não vi nenhuma contestação científica realmente comprovada contra a vacina, é que se pode ser contrário à esta campanha!

Sou Evangélico, sou Pastor há 27 anos e nunca incentivei membros de igrejas que pastoreei a agirem politicamente, contra ou a favor de ninguém e de nenhum partido.

Ser contra a vacina, agindo politicamente contra o governo do PT (DILMA) é ignorância, ser contra vacinar ainda criança é ignorância, pois é nesta fase da vida que a vacina é mais eficaz!

Quem está dizendo que isto vai incentivar meninas a terem relacionamento sexual mais cedo, devia ter vergonha de não conhecer a realidade brasileira.

Ou você acredita que os milhões de meninas que não possuem uma orientação de pais ou responsáveis e se entregam ao relacionamento sexual na infância devem ser condenadas a correrem o risco de terem câncer do colo de útero? – até por misericórdia destas inocentes crianças abusadas se justifica a vacinação nesta faixa etária!

A Bíblia diz: Ensina a Criança no caminho em que deve andar e quando for velho não desviará dele, Se você pai que crê na Palavra de Deus a colocar em prática ela será a mais eficaz ajuda para que sua filha não se corrompa na infância, ensine as verdades bíblicas e viva-as para seus filhos e filhas e eles saberão fugir do pecado.

E o pai evangélico que proíbe a filha menor de tomar a vacina é alienado, pois a vacina é para toda a vida! TODA A VIDA! No futuro quando sua filha for adulta e se casar, quem lhe pode assegurar com segurança que o marido que ela desposar não seja portador do vírus? Você vai se lembrar de pedir um exame laboratorial para ter certeza de que o pretendente de sua filha não é portador do vírus?

Outra coisa, a vacina na infância é mais eficaz, e não libera pra ter sexo mais cedo, apenas torna desde a meninice a mulher “protegida” do vírus.

O que nós os pastores devemos fazer é pregar contra o pecado que corre solto entre as ovelhas, é ensinar que sexo fora do casamento é pecado, para crianças, para jovens ou para adultos, não tentar uma jogada politica dizendo que vacina erotiza.

E as menininhas que têm ido com roupas provocantes nas igrejas? e os jovens dentro da igreja tendo relações sexuais? e os namoros nas redes sociais? só a Palavra de Deus pode colocar temor no coração da mocidade para que fuja do mal, não politicagem no púlpito!

Bem que Deus tenha misericórdia de tamanha ignorância e manipulação!

Pastor Paulo Coura

Anúncios