Descobrindo o que é Viver ou Andar no espírito

Nestes dias fui impulsionado por Deus a ministrar sobre a “VIDA NO ESPÍRITO” ou “ANDANDO NO ESPÍRITO”.

Minha mente logo começou a trabalhar, tinha uma comissão a cumprir e devia faze-lo com esmero, cuidado e assertividade! (Nada pode ser mais carnal ou sensual que isto: cumprir a comissão divina através de conhecimentos intelectuais)!

Sosseguei a minha alma, silenciei minhas racionalizações e descansei em Deus. Decidi ministrar sobre vida no espírito, na dependência do Espírito!

Descobri o quanto é difícil ser dependente, exige muita renuncia, mas o preço nunca é maior que a graça!

Até o final deste ano as ministrações que farei na Renovada de Naviraí, sob a orientação Divina, terão este foco.

O interessante é que estamos descobrindo que a vida no espírito é muito parecida com a vida na carne, olhos sensuais ou carnais não conseguem diferencia-las, estamos descobrindo que a diferença fundamental é a fonte de comando!

A vida na carne é dirigida pela alma, portanto é sensual, depende não apenas do raciocínio, mas é muito mais dependente dos sentimentos!

A divisão da vida em duas dimensões: vida secular e vida espiritual, é na verdade vida na carne. Quando eu separo o que acredito ser espiritual daquilo que julgo material, estou no comando e isso, nada mais é do que sentimentalismo ou sensualidade!

Estamos descobrindo que todos os momentos que vivemos e todas as atitudes que tomamos devem ser regidas pelo nosso espírito!

Estamos descobrindo que viver no espírito 24 horas por dia é possível, mas demanda uma grande guerra!

Estamos descobrindo que só a “Palavra de Deus”, a espada do espírito, pode nos orientar a vivermos no espírito.

O exercício das disciplinas espirituais: Amor ao próximo, perdão a tudo e a todos, oração, jejum, reuniões com irmãos (culto), leitura e meditação na Palavra, fortalecem nosso espírito de modo que ele sobrejulga a alma e assume o comando de nossa vida!

O tremendo de sermos dirigidos pelo nosso espírito é que nosso espírito é a morada do Espírito Santo, assim nosso espírito está diuturnamente em contato e recebendo orientações do Espírito Santo!

Uma ferramenta especial para o nosso desenvolvimento é a oração em Línguas Espirituais, devemos seguir o conselho do Apostolo Paulo e falarmos em línguas o tempo todo, conosco mesmo e com Deus!

VIVAMOS NO ESPÍRITO!
Pr. Paulo Coura

Anúncios